DIETA LIGHT - Saúde sempre
Produtos Naturais

Tabela registra nutrientes de quase 2 mil alimentos

Centro de Pesquisa em Alimentos da USP elaborou tabela que registra nutrientes inclusive de pratos prontos, com alimentos cozidos e temperados.

O Centro de Pesquisa em Alimentos da Universidade de São Paulo elaborou uma tabela que registra os nutrientes de quase dois mil alimentos, inclusive de pratos prontos, com alimentos cozidos e já temperados.

Diante dessa grande invenção brasileira, a comida a quilo, cada um tem seu jeito na hora de escolher. “Dou uma rachada assim no prato, assim: metade salada e metade pratos quentes”, disse o engenheiro Cléber Marques.

“A esposa sempre orienta: ‘Você tem que deixar o prato colorido’. Então a gente vai em cima disso”, contou o engenheiro Luciano Granda.

“Eu procuro manter uma dieta equilibrada. Com exceção do pastelzinho aqui”, declarou o securitário Ivan Santos.

Há quem seja mais rigoroso, científico, na contagem das calorias. “Estou sempre com a tabelinha. Já tenho muita coisa na cabeça”, disse a tradutora Rosana Soldana.

Mas que tal uma super tabela? Bem detalhada, mesmo, não só em termo de calorias, mas de nutrientes dos alimentos e com quase dois mil alimentos: in natura, crus e também já preparados, cozidos, fritos, temperados. E mais: uma tabela bem brasileira, com tudo aquilo que a gente gosta, de Norte a Sul.

“Eu compro”, disse a tradutora Rosana. Não precisa, dona Rosana. A tabela brasileira de composição de alimentos é gratuita, desenvolvida pelo Centro de Pesquisa em Alimentos da Universidade de São Paulo. Ela inclui 1.900 itens, com dados obtidos em laboratórios do Brasil e do exterior. É quase perfeita, completa, diz a pesquisadora.
“A gente está adicionando mais preparações para contemplar tudo aquilo que o brasileiro consome. Mas está faltando muito pouco. Estamos chegando lá”, afirmou Elizabete Wenzel, pesquisadora do Food Research Center.

Ao mesmo tempo, existem tabelas estrangeiras ainda em uso no Brasil, onde banana é uma só e diferente das que nós consumimos aqui. Ainda por cima, analisada sem levar em conta os nossos hábitos.

“Uma banana crua ela tem por volta de 90 kg/calorias. Se eu fizer essa banana frita na manteiga, por exemplo, ela já vai ter cerca de 200 kg/calorias e se eu fizer essa banana à milanesa vai ter 240 kg/calorias”, afirmou a pesquisadora Elizabete Wenzel.

E aquela refeição básica? Com saladinha e laranja de sobremesa? Olha aí o cálculo: Do arroz, do feijão, do bife, de tudo: 729 calorias bem distribuídas.

Ferramenta preciosa para profissionais da área de nutrição, a tabela já está disponível para todo mundo na internet. E logo vai ganhar um aplicativo para tablets e celulares. Só não vale ficar consultando na fila, vai congestionar o restaurante.

Fonte: Jornal Nacional